Itens

Itens

Tabela que contém todos os dados referentes aos itens do estoque. Recomenda-se que seja cadastrado o maior número de informações possíveis sobre cada item. Para criar um código, basta clicar (menu novo) e preencher os campos corretamente. Quanto ao “Item seriado”, deve ser preenchido como “sim” para criar um número de série.

Observação:

* Quando o cliente trabalha com itens seriados o campo “Item seriado” deve ser marcado para que o sistema gere o número a ser dado entrada da (4.02 – Nota fiscal).

Importante: Para clientes que usam Nota fiscal eletrônica, o procedimento com os campos obrigatórios para preenchimento: Entre em contato

Através da aba “Preço”, é possível cadastrar os tipos de preço.

Em “Configura→Configura Manutenção de itens”, no guia “Campos da pesquisa”, os campos selecionados em “Campos que serão apresentados na pesquisa” participarão da pesquisa da opção “Manutenção de itens”. Desta forma, quando o usuário utilizar a tecla F3 (no campo Código da opção Manutenção de itens) para pesquisar algum item, os campos aqui selecionados participarão da pesquisa.

Quanto aos campos selecionados em “Campos que participam da pesquisa”, quando o usuário utilizar a tecla F3 (no campo Código da opção Manutenção de itens), basta digitar (por exemplo o código do item) que o sistema traz a informação na tela bastando dar um Enter para levar para tela principal.

Guia “Campos personalizados”, estes campos foram desenvolvidos com o intuito de permitir ao usuário incluir novos campos na “Manutenção de itens”. Pois permite ao usuário definir o nome destes novos campos. Sendo possível a inclusão de campos texto e valor.

Para incluir campos personalizados, deve-se primeiramente selecioná-los na aba “Páginas e campos selecionados” (segue o mesmo procedimento descrito na Manutenção de colaboradores). Após, em “Título do campo”, define-se o nome do campo e o tamanho do mesmo para campos do tipo “Texto”. Para campos do tipo “Valor”, define-se ainda os decimais (conforme imagem abaixo).

Por fim, clique em menu “Gravar”.


Descrição automática dos itens

O Zada permite o cadastramento automático da descrição dos itens a partir do preenchimento de suas especificações (Marca, Cor, Estilo, etc).

Configurando os campos do cadastro de itens

Entrar em “Configura→Configura Manutenção de itens”, na aba “Páginas e campos selecionados”.
Adicionar os campos desejados em cada página do cadastro de itens, principalmente os campos que serão usados para formar a descrição do item.

No exemplo abaixo foram adicionados os campos “Tipo”, “Estilo”, “Marca”, “Cor” e “Código para fabricante” em uma página chamada “Identificação”. Esses campos serão usados para gerar a descrição. Os demais campos são outras informações cadastrais.

Os campos podem ser colocados em qualquer ordem na tela, basta clicar e arrastar o campo para posição desejada. No exemplo os campos usados para montar a descrição foram colocados juntos no topo da página, então na tela de manutenção de itens eles serão os primeiros a serem solicitados.

Depois disso clicar no botão “Campos obrigatórios” e marcar estes campos como obrigatórios para os itens do tipo “Produto”.


Configurando os campos que formarão a descrição do item

Entrar em Configura→Configura Manutenção de itens”, na aba “Descrição do item”. Marcar o box “Gerar descrição do item automaticamente”, isso vai habilitar os campos da caixa de seleção.

Todos os campos estão disponíveis para serem selecionados. Aqui também é possível arrastar os campos para ordem desejada. Os campos e ordem definida nesta caixa definem a forma como será montada a descrição do item.

No exemplo foram selecionados os campos Tipo-Código, “Estilo-Código”, “Marca-Descrição resumida”, “Cor-Código”, “Código para fabricante”. Eles foram arrastados e ordenados no topo da caixa de seleção. Então esta será a ordem que a descrição do item será gerada: Tipo Estilo Marca Cor Código para fabricante. Por exemplo: um tênis Adidas de cano longo, preto, cujo código fabricante é 12345 poderia ficar da seguinte forma: TEN CL ADID PRT 1234.

Já o tamanho poderia ser colocado no campo “Complemento” do cadastro do item, por exemplo: 38, 41/42, M, G, etc. Será explicado mais adiante.

Cadastrando as tabelas auxiliares dos itens


Entrar em “Tabelas>Auxiliares dos itens”.

Entrar em cada tabela que será usada na formação da descrição dos itens e fazer os devidos cadastros. Deve-se analisar e estabelecer um padrão de cadastramento para cada tabela.

* Cores de itens: Conforme configurado em nosso exemplo, será usado o código da cor para montar a descrição, nos exemplos abaixo é “PRT” e “AZ”.

Porém poderia ser configurado para usar a descrição da cor, então seria usado “PRETO” e “AZUL”, mas isso é uma definição de cada cliente.

Estilos de itens: Também foi configurado para usar o código do estilo. Nos exemplos abaixo é “CC” e “CL”. Fica a critério do cliente escolher como quer cadastrar e se quer usar o código ou a descrição do estilo.

Marcas: Para esta tabela pode ser configurada a descrição ou a descrição resumida da marca para ser levada para descrição do item. No nosso exemplo foi definido que será a descrição resumida, então nos exemplos abaixo é “CRIST” e “ADID”.

Tipos de itens: O cliente define como quer cadastrar seus tipos de itens. O ideal é criar um padrão, nos exemplos abaixo, propositadamente foi cadastrado fora do padrão, um código foi colocado “BOTA” e o outro “SAP”, o mais adequado seria ter cadastrado “BOT” e “SAP” ou “BOTA” e “SAPA” com o mesmo número de caracteres.


Cadastrando os itens:

Entrar em “Tabelas>Itens”. Ao cadastrar itens novos, clicar no botão “Novo”, então os campos obrigatórios ficam em amarelo, exigindo o preenchimento. Já o campo “Descrição” fica na cor laranja e sem permissão de digitação, pois será gerado automaticamente a partir do preenchimento dos demais campos.

Ao informar o campo “Tipo” o sistema já vai preenchendo a descrição do item.

Depois de informar o “Tipo”, “Estilo”, “Marca”, “Cor” e “Cód para fabricante” a descrição do item estará completa.

Pode-se usar o complemento para informar o tamanho. Campos como “Categoria” e “Subcategoria” podem ser usados para subdividir os itens.

Outros campos como “EAN” e “Referência” podem ser usados para identificar o item. O “EAN” é usado para imprimir e ler códigos de barras. A referência é usada para alguma identificação interna do produto, para utilizar este campo é preciso definir um padrão de cadastramento, pois não é permitido mais de um produto com a mesma referência. Mais adiante será explicado como usar o recurso de geração da referência automaticamente.

A descrição automática é preenchida somente para itens novos, quando se clica no botão “Novo” ou “Duplicar”. Ao entrar em um item já cadastrado anteriormente o campo “Descrição” fica habilitado para manutenção e não mais se aplica a geração da descrição automática.

O Zada permite também a geração automático da “Referência” no cadastro de itens a partir do preenchimento de suas especificações (Marca, Cor, Estilo, etc).



Configurando os campos que formarão a referência do item

Entrar em Configura → Configura Manutenção de itens, na aba “Descrição do item”. Marcar o box “Gerar referência do item automaticamente”, isso vai habilitar os campos da caixa de seleção.

Todos os campos estão disponíveis para serem selecionados. Aqui também é possível arrastar os campos para ordem desejada. Os campos e ordem definida nesta caixa definem a forma como será montada a referência do item.

No exemplo foram selecionados os campos “Tipo-Código”, “Estilo-Código”, “Marca-Descrição resumida”, “Cor-Código”, “Código para fabricante”, “Separador 1” e “Complemento do item”. Eles foram arrastados e ordenados no topo da caixa de seleção. Então esta será a ordem que a referência do item será gerada: Tipo Estilo Marca Cor CódFab/Comp .

Por exemplo: uma Bota Schutz de cano curto, preta, cujo código fabricante é 41424023, tamanho 38, poderia ficar com a referência: BOT CC SCH PRT 41424023/38

Neste exemplo foi usado um único separador “/” antes do complemento do item, mas podem ser usados separados entre cada um dos campos, isso também é definição de cada cliente. O resultado poderia ser algo do tipo: BOT-CC-SCH-PRT-41424023/38

No cadastro do item a medida que vão sendo preenchidos os campos, a referência vai se formando. Observando a imagem abaixo, ao adicionar apenas o complemento “38”, no campo referência já é preenchido “/38”.

Ao acabar de preencher os campos a “Referência” estará formada. Veja exemplo:

Da mesma forma que ocorre com a descrição do item, a referência automática é preenchida somente para itens novos, quando se clica no botão “Novo” ou “Duplicar”. Ao entrar em um item já cadastrado anteriormente o campo “Referência” fica habilitado para manutenção e não mais se aplica a geração da referência automática.

Um recurso bastante usado no cadastramento de itens é o botão “Duplicar”. Há duas forma de trabalhar com duplicação: “Simples” e por “Grade”.


Duplicação simples

Ao usar o botão “Duplicar” o sistema gera um código de item novo, levando todos os dados do item duplicado, inclusive o “EAN”, a Referência” e “Código para fabricante”.

Como o sistema não aceita o EAN e a Referência repetidos então é preciso acertar estes campos depois da duplicação.

No exemplo a seguir, ao clicar em duplicar:

O sistema gera um novo código, levando todos os dados do anterior. Neste caso é preciso revisar os campos “EAN” e “Referência”, pois ficaram inválidos pelo fato de existir um item com estes dados. Também os campos “Complemento” e “Cód para fabricante” devem ser observados, pois o item antigo é que possui estes dados.

No exemplo abaixo, seria possível mudar-se o complemento para 39, então, automaticamente a Referência mudaria para: BOT CC SCH PRT 4142402/39. Também seria possível manter o Código para fabricante”, mas o “EAN” precisa ser retirado ou alterado.


Duplicação por grade

Outra forma de duplicar itens é usar o conceito de duplicação por grade. Para isso é preciso configurar o sistema para trabalhar desta forma.

Entrar em “Configura→Configura Manutenção de itens”, na aba “Páginas e campos selecionados”.

Com isso, na manutenção de itens, ao clicar em “Duplicar” abrirá uma tela de inclusão de itens por grade, conforme imagem abaixo.

Nesta tela é obrigatório informar o “Complemento” e clicar no botão “Incluir item”. O EAN também pode ser informado, mas é opcional.

Os itens vão sendo adicionados na grade acima, uma após o outro. Estes itens novos só serão incluídos após clicar no botão “Gravar” no canto superior desta tela.

Ao clicar em “Gravar”, o sistema vai gerar um novo código para cada item da grade. Os dados cadastrais destes itens serão iguais ao item duplicado, exceto o “Complemento”, “EAN” e “Referência”, que serão os dados novos informados na grade.

A duplicação por grade é muito utilizada quando se tem vários itens a serem cadastrados que mudam somente o complemento (tamanho por exemplo). Então se cadastra um item e os demais são gerados automaticamente.

 

< VOLTAR